Eesti English
Português
Estónia » Natureza »

Natureza


Um clima marítimo com vegetação rasteira ligeira

O clima da Estónia é semelhante ao dos restantes países do litoral Báltico. Devido à proximidade do mar, o céu está muitas vezes nublado, chovendo com frequência, na Primavera e Outono, e nevando no Inverno. O mar tem um efeito amenizador no clima e, na Primavera e Verão, sopram brisas marítimas frescas, proporcionando uma temperatura média em Julho de 17 graus Célsius. No Outono e Inverno, o mar liberta o calor que acumulou na Verão, permitindo uma temperatura média de cerca de 5 graus Célsius.

O ponto mais elevado da Estónia é o Suur Munamägi (Monte do Grande Ovo), o qual se eleva a 318 metros acima do nível do mar.

Os Estónios têm grande orgulho neste monte, pois é o ponto mais elevado de toda a região Báltica. Na proximidade do mar, a realidade geográfica mais importante são as falésias em pedra calcária, no Golfo da Finlândia, as quais se elevam a 50 metros do mar. Em nenhum outro local da costa do Báltico existem escarpas tão imponentes. A pedra calcária é a pedra nacional da Estónia.


Florestas, prados, lagos e pântanos

Cerca de metade da Estónia está coberta de floresta.
Os tipos de árvore mais comuns são o pinheiro, o abeto vermelho e o vidoeiro. Nas florestas abundam gamos. Existem cerca de 9,200 alces, 30,000 cervos, 11,000 javalis selvagens, 1,000 linces, 600 ursos e 200 lobos. A Estónia, a par da Finlândia e da Suécia, é dos países com maior percentagem de floresta. A gestão florestal e a produção de madeira são particularmente importantes na economia da Estónia. Cerca de um terço da área florestal total está sujeita a regulamentação ambiental. Nessas florestas protegidas podem ser encontrados tipos de coberto florestal muito antigos, já há muito desaparecidos de outras partes da Europa. Como exemplos dessas florestas primitivas, temos a floresta de Järvselja e a de Poruni, nas regiões de Tartu e Ida-Virumaa, respectivamente.

Os Prados da Estónia são muito mais ricos na diversidade de espécies que os da Europa Ocidental, sendo a variedade de cores que exibem no Verão um verdadeiro deleite para os turistas que passeiem pelas estradas do interior do país.

O tipo de prado que apresenta maior riqueza de espécies é o prado arborizado. Num prado deste tipo - o Vahenurme, em Pärnu; existem 74 espécies de flora diferentes por metro quadrado. Tal densidade de vida vegetal é rara na Europa. Há séculos atrás poderiam ser encontrados vários destes prados arborizados em sítios como o sul da Finlândia, a Suécia e outros locais da Europa. Hoje, apenas existem na Estónia.

A Estónia é um país com milhares de lagos. O maior destes lagos é o Peipsi, o qual é o quarto maior lago de água doce da Europa. A maioria dos lagos da Estónia são pequenos e situam-se no sul do país. Os lagos de maior dimensão, como o Peipsi ou o Võrtsjärv, são ricos em peixe. No lago Peipsi poderão ser encontradas espécies raras de peixe, tal como o peixe branco dos lagos e o peixe-rei do Peipsi. O lago Võrtsjärv é famoso pelos lúcio-perca e enguias, que são consideradas uma iguaria.

Na Estónia existem, também, muitos rios, porém, apenas 10 deles têm mais de 100 km. Os rios mais importantes são o Rio Pärnu e o Rio Emajõgi.

Cerca de um quinto da Estónia está coberta por pântanos e pântanos internos, estando a sua maioria localizada no centro e oeste do país. O melhor sítio para visitar pântanos é no Parque Nacional de Soomaa, na região Oeste da Estónia. Na realidade, Soomaa em Estónio significa "terra dos pântanos" e a maior parte da área do parque está coberta por magníficos pântanos, cuja camada de turfa, em alguns locais, chega a atingir 7 metros.


Ilhas

A Estónia tem mais de 1,500 ilhas. A maior delas é a Ilha de Saaremaa, com cerca de 2,900 quilómetros quadrados de área. Seguem-se-lhe as ilhas de Hiiumaa, Muhu e Vormsi. As ilhas e as áreas costeiras do território continental devem o seu interesse ao facto de estarem na rota migratória do Nordeste Europeu para a região Oeste do Oceano Atlântico. Assim, duas vezes por ano – na Primavera e no Outono; várias centenas de milhares de pássaros visitam a Estónia.
Muitas destas aves são protegidas, tal como o ganso-de-faces-brancas, o cisne ou o eider.

O clima marítimo temperado e a sua superfície essencialmente plana, permitem à ilha de Saaremaa exibir abundância de flora e de fauna. Em muitos locais podem ser encontradas espécies raras de belíssimas orquídeas ou um grande número de animais raros, dos quais é exemplo a foca.


Mais informação: Instituto da Estónia

Redigido por Hendrik Relve, naturalista, para o Ministério dos Negócios Estrangeiros 

TopBack

© Embaixada da Estónia em Lisboa Rua Filipe Folque nr.10ºJ-2ºESQ, 1050-113 Lisboa, tel. (351) 21 319 4150
e-mail: Embassy.Lisbon@mfa.ee